Home Esportes Artes Marciais Daniela Arouca – Jiu-Jitsu

Daniela Arouca – Jiu-Jitsu

Compartilhe

No topo do mundo

Tirando a farda e vestindo kimono rumo ao lugar mais alto do ranking mundial

 Foto e texto: Sidney Filho

 

Em setembro de 2013, começava a ser escrita uma história de sucesso no tatame. A protagonista é Daniela Arouca, atual líder do ranking mundial em sua categoria, que teve um início tímido sem grandes ambições com o kimono de Jiu-Jitsu.

Com incentivo do pai e do irmão, também lutador de Jiu-jitsu, Dani já convivia com esporte. Viajava com o time do Centro de Treinamento Maringá e colaborava para o site Arena JJ na cobertura dos principais campeonatos. Empolgada com as fotos, Arouca começou a treinar para entender melhor esta modalidade, a fim de ter melhores clicks durante as lutas que fotografava.

Com o envolvimento e dedicação nos treinos, a câmera fotográfica foi ficando de lado e os papéis se inverteram. Antes quem fotografava passou a ser o alvo das fotos, finalizando adversárias e subindo no lugar mais alto do pódio. Sempre sob orientação do mestre Edenilson Lima, o Dennis.

Dani, é policial militar há 10 anos e tem uma rotina acelerada, intercalando a farda e o kimono. No estilo faca na caveira, leva a risca o trabalho como policial linha dura e como atleta da tropa de elite da sua equipe.

Ainda na faixa branca, foram 14 campeonatos disputados até a vitória do Campeonato Sul Americano pela Federação Internacional de Jiu Jitsu em 2014, onde ainda no pódio foi graduada com a faixa azul, entregue pelo seu mestre, Edenilson Lima. “Foi uma sensação indescritível, ali eu encerrava um ciclo e iniciava uma longa caminhada na nova faixa. Graças a Deus essa nova etapa me trouxe importantes títulos que me conduziram até a liderança do Ranking Mundial”. Comenta Daniela Arouca.

Na faixa azul, foram dezenas de campeonatos e vitórias. Vale destacar o Campeonato Brasileiro, Internacional de Masters e o Sul Americano pela IBJJF. Além de vitórias sem kimono no Curitiba International Open NO GI, e Floripa International Open NO GI, ambos pela IBJJF.

Essas vitórias são frutos de muito trabalho, praticamente dois treinos diários. Além do Jiu-Jitsu, os treinos intercalam: preparação física voltada ao Jiu-Jitsu sob-responsabilidade de Ricardo Cabeça, na Coach Fitness, Judô no Projeto Hajime, para manter uma boa base na luta em pé e musculação na Academia Workout com a personal Marcela Chaves.

A parte nutricional foi elaborada pelo nutricionista esportivo Rodrigo Murta, que focou em manter um corpo forte, saudável, dentro do peso limite da categoria que são 74kg e para otimizar os resultados e performance, Dra. Glaucia Peron, médica esportiva e nutróloga faz o acompanhamento da saúde e regulação hormonal.

São muitos compromissos entre competição, treinos e o trabalho. Todos executados com competência e seriedade. Liderança do Ranking Mundial é questão de honra e nela não existe divisões de peso, é no geral. Dani é a melhor entre todas as melhores faixas azul do mundo pela IBJJF. Missão dada é missão cumprida!

Deixe uma resposta