BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
quinta-feira , junho 29 2017
Últimas Notícias
Início / Colunas / OS POLIVITAMÍNICO E SEUS BENEFÍCIOS

OS POLIVITAMÍNICO E SEUS BENEFÍCIOS

Polivitaminicos
Por: Eliene Pires de Oliveira Nutricionista CRN 8/7683

 

As vitaminas são nutrientes orgânicos essenciais para o bom funcionamento e desenvolvimento equilibrado do organismo humano. Melhora o sistema imunológico, atua como antioxidante ajudando no rejuvenescimento celular, cabelos, pele e unhas; atua no sistema nervoso central e no metabolismo das proteínas, carboidratos e gorduras; mantém adequados os níveis de alguns minerais; auxiliam no diabetes, desnutrição e anorexia; diminui a fadiga, aumenta a resistência, entre outros benefícios.

Os hábitos alimentares da atualidade, principalmente nos países ocidentais, estão cada vez mais “pobres” em nutrientes, principalmente em vitaminas. São alimentos industrializados, congelados, embutidos, engarrafados, processados, fritos e ainda com produtos químicos utilizados para sua conservação que fazem com que as vitaminas muitas vezes sejam perdidas.

Infelizmente os alimentos “da feira livre” há tempo estão perdendo seu lugar para os que estão estampados em rótulos atraentes nos supermercados, pois são mais práticos, rápidos e fáceis de preparar, além da alegação de que a vida é muito corrida e não se tem tempo para o preparo do alimento.

Por esses vários fatores, os hábitos alimentares seguem um curso perigoso, em que a falta de nutrientes, principalmente a escassez de vitaminas, pode levar a problemas ou sintomas muitas vezes irreversíveis. Diante disso, o ser humano tenta equilibrar a dieta utilizando suplementos vitamínicos e outros nutrientes que certamente irão auxiliar suprindo as muitas necessidades do organismo, principalmente fortalecendo sua imunidade e driblando assim várias enfermidades.

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, os Suplementos Vitamínicos e Minerais são “alimentos que servem para complementar a dieta diária de uma pessoa saudável, em casos onde sua ingestão, a partir da alimentação, seja insuficiente ou quando a dieta requerer suplementação. Deve-se conter um mínimo de 25% e no máximo até 100% da ingestão diária recomendada (IDR) de vitaminas e/ ou minerais, na porção diária indicada pelo fabricante, não podendo substituir os alimentos, nem serem considerados como dieta exclusiva”. Portanto, os suplementos vitamínicos devem ser usados para complementar a  alimentação do indivíduo que não consegue suprir suas necessidades nutricionais diárias somente com alimentos.

A necessidade diária das vitaminas varia de acordo com cada pessoa, sua atividades de rotina e tipo de doença ou sintomas, por exemplo: desnutrição, diabetes, câncer, anemias, crianças, idosos, gestantes, cirurgia bariátrica, alcoólatras, baixa imunidade, doença cardiovascular ou pessoas que têm atividades muito intensas e também atletas ou praticantes de academia.

O consumo de vitamina deve ser de forma consciente e com a indicação feita por nutricionista ou médico e na quantidade indicada para que não haja algum tipo de alergia ou intoxicação.

É importante saber que uma vitamina pode facilitar a ação da outra, por exemplo: A presença da vitamina E aumenta o depósito de vitamina A nos tecidos; o ácido fólico e a vitamina B12 são melhores absorvidas quando juntos; as vitaminas do complexo B atuam melhor no organismo quando usadas em conjunto.

As vitaminas A, complexo B, C, D, E, K, auxiliam nas mais variadas necessidades do organismo em toda e qualquer fase da vida. A seguir os benefícios de cada uma delas:

Retinol (vitamina A) – é uma vitamina hidrossolúvel, ou seja, solúvel em gordura. Está presente nos alimentos tanto de origem animal (sob a forma de retinoide) quanto vegetal (na forma de carotenoides). Estas substâncias são convertidas em vitamina A, pelo organismo. A falta de retinol afeta o sistema imunológico, aumentando o risco de muitas doenças.

Tiamina (vitamina B1) –é solúvel em água, necessária para o metabolismo de proteínas e o crescimento muscular; auxilia na formação da hemoglobina (proteína encontrada nos glóbulos vermelhos e que transporta oxigênio).

Riboflavina (vitamina B2) – é uma vitamina solúvel em água, participa do metabolismo da glicose (fonte de energia no organismo) e das proteínas; participa do transporte de oxigênio para as células e os músculos.

Niacina (vitamina B3) – atua melhorando a circulação sanguínea auxilia no fornecimento de energia e no ganho de massa muscular. Colabora também na diminuição dos triglicerídeos e no aumento da testosterona.

Ácido pantatênico (vitamina B5) – participa do metabolismo lipídico, dos carboidratos e proteínas; é de fundamental importância no processo de metabolismo celular e ainda colabora na melhora da função imune.

Piridoxina (vitamina B6) – auxilia no metabolismo das proteínas, melhora a produção de hormônios e estimula a função imunológica.

Biotina (vitamina B7) – possui importante papel no metabolismo dos aminoácidos e na produção de energia a partir dos carboidratos e lipídeos. Auxilia no cabelo e pele.

Ácido fólico (vitamina B9) – a deficiência de folato (ácido fólico) esta relacionada também com alguns malefícios a saúde, como a anemia megaloblástica, fator de risco para alguns tipos de cânceres, e no caso de gestantes pode originar os defeitos no tubo neural do feto (DE CASTRO et. al., 2010).

Cianocobalamina (vitamina B12) – colabora na digestão e absorção de alguns nutrientes, atua no metabolismo de proteínas, carboidratos e lipídeos, auxilia no bom funcionamento do sistema nervoso e da memória. Sua deficiência está relacionada diretamente com a anemia perniciosa.

Ácido ascórbico (vitamina C) – é uma vitamina hidrossolúvel, antioxidante, sensível ao calor, ao oxigênio e ao tempo (armazenamento). Auxilia no sistema imunológico, melhora a absorção do ferro, entre muitos outros benefícios.

Colecalciferol (vitamina D) – as principais funções são: manter adequados os níveis de cálcio e fósforo no corpo, promover a saúde e estrutura óssea, melhorar o sistema imune, auxiliar na cicatrização, na hipertensão, diabetes, doença cardiovascular, desenvolvimento cerebral,entre outros.

Tocoferol (vitamina E) – conhecida também como a vitamina da fertilidade, é antioxidante por excelência. Ela protege as células de defesa e atua na modulação da resposta imunológica.

Menaquinona (vitamina K2) a vitamina K é encontrada na natureza sob duas formas: Vitamina K1 (filoquinona) presente nos vegetais e vitamina K2 (menaquinona) da produção endógena das enterobactérias, que são um grupo de bactérias que colonizam o intestino humano.

A menaquinona (vitamina K2) é utilizada para prevenir a osteoporose e fraturas em geral. Auxilia na regulação do cálcio, previne a calcificação e endurecimento das artérias, protege contra doenças do coração.

A busca pela saúde foi e sempre será um desejo comum entre todos os indivíduos. Portanto, a preocupação com uma alimentação balanceada e equilibrada, a ingestão de suplementos vitamínicos em quantidades ideais, a prática de atividade física regular e a orientação de um profissional de saúde periodicamente devem fazer parte daqueles que realmente desejam uma vida longa e feliz.

 

 

REFERÊNCIAS:

1-Agência Nacional Anti Doping, ANAD. Termos do código Antidopagem. Agência Mundial Antidopagem. 2009.

DE CASTRO, S.C.; LEUNG, K.Y.; SAVERY, D.; BURREN, K.; ROZEN, R.; COPP, A.J.; GREENE. N.D. Neural tube defectsinducedbyfolatedeficiency in mutantcurlytail (Grhl13) embryos are associatedwithalteration in folateone-carbonmetabolismbut are unlikelytoresultfromdiminishedmethylation. Birth Def. Res., v.88, part A, p.612-618, 2010.

Cunha S, Albanesi Filho FM, Bastos VLFC, Antelo DS, Souza MM. Thiamin, selenium, andcopperlevels in patientswithidiopathicdilatedcardiomyopathytakingdiuretics. ArqBrasCardiol. 2002; 79 (5): 460-5.

Witte KK, Clark AL, Cleland JG. Chronicheartfailureandmicronutrients. J Am Coll Cardiol.

 

Veja mais

PEDRO DIAS

Conexão Portugal-Brasil

Um nome cada vez mais forte no esporte maringaense, Pedro Dias (33), surgiu nos tatames ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>