BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
quarta-feira , maio 24 2017
Últimas Notícias
Início / Colunas / WHEY PROTEIN

WHEY PROTEIN

WHEY site

Concentrado, isolado ou hidrolisado? Qual a melhor opção para o atleta?

Para os atletas e os iniciantes da prática esportiva é comum surgir a dúvida de qual suplemento de proteína é ideal, levando em conta os vários tipos existentes no mercado.
Estudos científicos mostram que o consumo de Whey pode trazer muitos benefícios, por isso ele é um suplemento muito utilizado pelos adeptos da prática esportiva.
Entre os benefícios estão a reparação e construção de tecidos, inclusive o tecido muscular, aumento de força, produção hormonal e o fortalecimento do sistema imunológico.
O mercado de suplementos tem a cada dia incrementado mais benefícios à vida não só de praticantes de atividades físicas, mas de pessoas não praticantes de atividades físicas também. Isso porque através de suas tecnologias cada vez mais avançadas, precisas e atendendo cada vez mais necessidades específicas, é possível viabilizar o consumo de complementos ou suplementos alimentares a diversas ocasiões onde a alimentação não é possível ou não supre determinada busca.
Durante o exercício, o Whey Protein pode ajudar a abrir o fluxo de sangue, inibindo uma enzima conversora de angiotensina, que originalmente contrai os vasos sanguíneos, o que permite um melhor fluxo de nutrientes para as áreas necessárias para ajudar a reparar e reconstruir tecidos musculares.
Pensando em sanar as dúvidas segue abaixo as principais características e  diferenças dos tipos de Whey Protein: Concentrado, Isolado e Hidrolisado.

WHEY PROTEIN – CONCENTRADO (WPC):
O WPC por ser uma proteína “integral” pode ser utilizado em quaisquer momentos no dia, não só no pós-treino, mas ao acordar, antes de dormir e até mesmo entre as refeições, mas claro, sempre com a adição de outra proteína de alto valor biológico como a caseína ou a albumina para garantir um balanço nitrogenado positivo por mais tempo. O WPC pode não ser interessante para indivíduos que possuem intolerância à lactose, principalmente os mais sensíveis.

WHEY PROTEIN – ISOLADO (WPI) “BAIXO TEOR DE LACTOSE”
O Whey Protein Isolado dificilmente será utilizado em misturas com outras proteínas, a não ser em blends proteicos. Ele não é uma proteína para situações como o complemento de refeições ou ao acordar. Portanto, a melhor utilização do Whey Protein Isolado tem sido apresentado no pós-treino, garantindo uma rápida disponibilização de seus aminoácidos na corrente sanguínea com um bom balanço nitrogenado. Esse Whey normalmente é utilizado não só por atletas, mas também por pessoas que estão em recuperação de cirurgias bariátricas ou que irão fazê-la.
**Intorerância a Lactose: por apresentar até 1% de Lactose, dependendo do grau de intolerância da pessoa, pode ser utilizado o Whey Protein Isolado.

WHEY PROTEIN – HIDROLISADO (WPH):
Whey Protein Hidrolisado, por conter uma configuração praticamente digerida de peptídeos, tem apresentado bons resultados quando utilizado no pré-treino imediato, garantindo um esvaziamento gástrico extremamente rápido e, assim, disponibilizando seus aminoácidos na corrente sanguínea.
O fato de que, devido a sua rápida disponibilização de aminoácidos na corrente sanguínea, a queda na hiperaminoacidemia também é mais rápida, portanto, um balanço nitrogenado positivo é menos duradouro.

Por isso, é muito importante que ao iniciar a sua suplementação, um profissional habilitado (Educador Físico, Farmacêutico, Médico ou Nutricionista) seja consultado. Assim a escolha certa de Whey Protein trará bons resultados e melhor aproveitamento.

Rodolfo Rocco

Diretor e farmacêutico responsável pela rede de farmácias de manipulação Medfórmula.

Veja mais

PEDRO DIAS

Conexão Portugal-Brasil

Um nome cada vez mais forte no esporte maringaense, Pedro Dias (33), surgiu nos tatames ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>